Deixaram de retornar ao sistema prisional de São Paulo 793 presos beneficiados com a saída temporária do Dia das Mães. O número corresponde a 4,44% dos 17,85 mil detentos indultados na ocasião.

O índice é um dos mais baixos dos últimos anos. Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SAP), em 2007, não regressaram 4,70%, em 2006, 7,63%, em 2005, 6,41% e, em 2004, 6,48%.

Somente na capital paulista e na Grande São Paulo, dos 2,82 mil indultados, 77 permaneceram nas ruas - 2,72% do total. A saída, de até sete dias, é concedida cinco vezes no ano a presos do regime semi-aberto e com bom comportamento. Ao despeitar o prazo definido para retorno, o detento passa a ser considerado foragido e perde o benefício do semi-aberto. Caso for recapturado, ele será enviado para o regime fechado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.