Após deslizamento, Rio-Santos é parcialmente liberada

A Rodovia Rio-Santos (BR-101) foi parcialmente liberada ao tráfego na manhã desta sexta-feira. A estrada estava totalmente interditada desde a noite de ontem em razão de um deslizamento de terra na altura do quilômetro 477, na região de Angra dos Reis, litoral sul do Rio de Janeiro.

iG São Paulo |

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trânsito está liberado em meia pista para passagem de veículos leves. A faixa no sentido Santos opera no sistema Pare e Siga. A rodovia foi totalmente interditada para facilitar o trabalho dos operários e em função das condições do asfalto, que ameaçava desabar.

O deslizamento de terra foi provocado pelo temporal que atingiu o Estado ontem. Ninguém se feriu. Ainda segundo a polícia, o deslizamento foi no mesmo trecho atingido por uma queda de barreira no réveillon.

A chuva também provocou a queda de um muro sobre uma residência no bairro Belém, mas não houve vítimas.

Outro ponto atingido foi a Praia do Matariz, na Ilha Grande, onde uma árvore caiu e atingiu uma pessoa levemente.

De acordo com o Sistema Alerta Angra, choveu na cidade o equivalente a 60 milímetros cúbicos em uma hora, o que é considerado um índice pluviométrico muito alto.

Angras dos Reis foi atingido por um temporal na virada do ano, que resultou na morte de 53 pessoas - 21 no Morro da Carioca, no centro da cidade, e outras 32 na Enseada do Bananal, em Ilha Grande.

A chuva forte da noite desta quinta-feira também atingiu a região metropolitana do Rio de Janeiro. O aeroporto Santos Dumont ficou fechado por 30 minutos para operações de pouso e decolagens, por causa da falta de visibilidade na Baía de Guanabara.

* Com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: chuvas

    Leia tudo sobre: anchietachuvasrio-santos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG