Após assaltos, RJ aumenta proteção a turista estrangeiro

Após três assaltos contra grupos de turistas estrangeiros em pouco mais de 24 horas, o policiamento já está sendo reforçado em locais de grande concentração de viajantes vindos de fora do País para passar o carnaval na capital fluminense. Segundo o delegado titular da Delegacia Especial de Atendimento ao Turismo (Deat), do Rio, Fernando Veloso, foi solicitado - e atendido - um aumento do contingente policial junto a locais de grande presença de estrangeiros, como albergues, hotéis e roteiros turísticos conhecidos.

Agência Estado |

"Todos os batalhões foram comunicados e se mostraram dispostos a colaborar", disse o delegado. Apesar das ocorrências recentes, Veloso acredita no crescimento desse tipo de crime. "Foram atos que naturalmente chamam a atenção, mas a tendência não é de alta, mas, sim, de queda de crimes contra turistas estrangeiros. Em 2008 registramos queda de mais de 10% nos roubos, furtos e assaltos (contra estrangeiros) do que em 2007", destacou.

Entre a madrugada de ontem e hoje, dois albergues foram assaltados - um em Copacabana e outro, na Lapa - e 47 estudantes tiveram vários objetos e dinheiro roubados. Ainda nesta quinta-feira à tarde, um grupo de turistas alemães e americanos estava sendo abordado por dois homens, após um passeio pela Floresta da Tijuca, quando policiais militares flagraram a ação, mas os supostos bandidos fugiram.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG