LOS ANGELES ¿ A mulher do ator americano Charlie Sheen, Brooke Müller, quer se reconciliar depois de ter denunciado à Polícia do estado do Colorado que o marido a ameaçou de morte com uma faca.

Em declarações à revista "People", o advogado de Brooke, Yale Galanter, disse que ela quer fazer todos os esforços por salvar seu casamento com Sheen.

Brooke também pediu que haja uma mudança na ordem de proteção emitida pela Polícia a seu favor para poder se reunir com o ator e resolver seus problemas.

"Brooke e Charlie são muito apaixonados, se amam e querem tentar salvar seu casamento", disse o advogado à publicação.

Para Galanter, o incidente protagonizado pelo casal foi "uma noite ruim que querem deixar para trás".

Segundo o advogado, Sheen e Müller não querem que suas duas filhas sofram por sua separação.

"Apresentei documentos para que o casal possa se ver imediatamente e buscar uma solução para suas dificuldades", disse.

Müller, de 32 anos, é a terceira mulher de Sheen. O casal teve gêmeos no início desse ano e se casou em maio do ano passado.

Nesta segunda-feira, a Polícia do Colorado revelou que Sheen ameaçou sua esposa com uma faca, segundo a gravação de uma ligação que a mulher fez ao serviço de emergência.

A gravação foi divulgada três dias depois da detenção de Sheen na cidade de Aspen sob acusações de ameaças, agressão em segundo grau e mau comportamento.

O ator de 44 anos, atualmente protagonista da série televisiva "Two and a Half Men", foi liberado no dia de Natal após o pagamento de uma fiança de US$ 8.500, segundo o portal "TMZ".

Leia mais sobre: Charlie Sheen

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.