SÃO PAULO - A avenida dos Bandeirantes, na zona sul de São Paulo, foi liberada, em ambos os sentidos, por volta das 8h50, mas o trânsito ficou complicado durante toda a terça-feira na cidade, segundo informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Futura Press
Carrreta tombou na avenida Bandeirantes

Carrreta tombou na avenida Bandeirantes

Na cidade, a CET registrava, às 16h37, 104 km de congestionamento - índice bem acima da média para o horário. O motorista enfrenta 5,1 km de lentidão na avenida dos Bandeirante no sentido Marginal Pinheiros da avenida, do Viaduto Aliomar Baleeiro até o Viaduto Santo Amaro. Também apresentam longas filas de tráfego lento a avenida 23 de Maio e a Marginal Tietê.

A avenida dos Bandeirantes ficou bloqueada desde as 4h30 desta terça-feira em razão de um acidente ocorrido, na pista local, no sentido Marginal Pinheiros, sob o Viaduto Santo Amaro, região da Vila Olímpia. Um caminhão que transportava acetato de metila - solvente utilizado em colas, tintas e vernizes - bateu contra um poste e tombou. Os bombeiros foram acionados, já que o produto vazou.

Além dos bombeiros, agentes da Eletropaulo, da Defesa Civil e da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) trabalharam no local. Uma espuma foi jogada por cima do produto químico para evitar que ele continuasse se espalhando.

Outro acidente

Um acidente envolvendo três caminhões, dois deles transportando açúcar e piso de cerâmica, bloqueou até por volta das 8h30 três das quatro faixas de rolamento da pista sentido interior-capital da rodovia dos Bandeirantes, próximo ao Rodoanel, na região de Perus, zona norte de São Paulo. O motorista do caminhão que transportava pisos morreu no local.

Segundo a concessionária Autoban, o motorista chegou a enfrentar congestionamento de cinco quilômetros. Parte da carga de pisos caiu na pista.

Leia mais sobre: acidentes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.