Tamanho do texto

SÃO PAULO - Um homem manteve a enteada como refém dentro de uma loja de roupas íntimas desde as 8h30 deste sábado, segundo informações da polícia militar. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que estava no local como prevenção, o homem pressionava uma faca no pescoço da vítima. Após 6 horas de negociação com a polícia, a refém foi libertada e o criminoso foi encaminhado ao 27º DP da zona sul. Não houve feridos.

De acordo com o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), o motivo da ameaça seria o fim de um relacionamento. O criminoso, segundo a PM, rendeu a enteada quando ela chegou ao trabalho. 

Segundo a polícia, o criminoso frizava a todo momento que a ex-mulher "não oferecia o apoio que ele precisava". Peturbado, o homem exigia a presença de parentes e da ex-mulher no local, a mãe da vítima.

As equipes do Gate foram acionadas para a Rua Princesa Isabel, 178, no Brooklin, onde ocorreram as negociações.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.