Depois de 30 horas de bloqueio, cerca de 200 índios de cinco etnias desocuparam hoje a BR-364, a principal ligação de Mato Grosso aos Estados do Centro-Oeste e Sudeste do País. Houve congestionamentos de mais de 10 quilômetros de caminhões e carretas.

As filas só não aumentaram ainda mais porque a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recomendou o uso de rotas alternativas a fim de evitar engarrafamentos. Os índios somente permitiam passagem de ambulâncias.

O impasse foi solucionado com a ida de uma equipe da Fundação Nacional do Índio (Funai) de Brasília ao local do bloqueio para mostrar cópia da revogação da portaria criada mês passado que transferia, provisoriamente, a autonomia financeira da unidade em Cuiabá para Juína, no norte do Estado. O cacique terena Milton Rondon, que lidera o movimento, disse que os representantes das etnias retornaram para suas aldeias, mas podem reiniciar os protestos caso a Funai apresente novas mudanças administrativas em Mato Grosso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.