Após 2 dias de sol, RS ainda tem 2,7 mil desabrigados

Milhares de pessoas ainda estão fora de suas casas no Rio Grande do Sul por causa das enchentes provocadas pelas chuvas da semana passada. Hoje, segundo dia consecutivo de sol, a Defesa Civil calculava que 2,7 mil moradores permaneciam desabrigados, recolhidos a ginásios de esportes, escolas, albergues públicos e salões paroquiais, enquanto outros 2,3 mil seguiam desalojados, morando temporariamente em casas de parentes e amigos.

Agência Estado |

Desde o dia 7 de setembro, 16 municípios decretaram situação de emergência. Cachoeirinha, Estrela e Piratini entraram na lista durante o dia.

A situação é mais preocupante para os moradores de regiões baixas, para onde correm os principais rios do Estado. Na região metropolitana de Porto Alegre, a água continuou subindo a ameaçando os moradores das ilhas do delta da Jacuí e do lago Guaíba. Em Charqueadas, Eldorado do Sul e Porto Alegre, há pelo menos cem famílias desabrigadas e centenas que insistem em ficar em casa mesmo com a água ameaçando entrar. Em São Borja e Itaqui, o rio Uruguai subiu dez metros acima do leito e forçou dezenas de famílias a deixarem suas casas. Em São Leopoldo, a cheia do Rio dos Sinos deixou 60 desabrigados.

Em algumas cidades, os rios já baixaram. É o caso de São Sebastião do Caí e Lajeado, onde os moradores atingidos pelas enchentes do Caí e do Taquari no final de semana começaram a limpar suas casas. Duas rodovias estaduais seguem obstruídas por quedas de pedras ou buracos abertos pela água. Quem transita pela RS-129 entre Mariante e Bom Retiro e pela Rota do Sol, entre São Francisco de Paula e Terra de Areia, deve buscar desvios.

As previsões meteorológicas para o restante da semana preocupam os gaúchos. Um boletim da Defesa Civil indica que há perspectiva de pancadas de chuva, de moderadas a fortes, com possíveis trovoadas, rajadas de vento e queda de granizo em áreas isoladas do norte e noroeste do Estado. A Defesa Civil recomenda que a população dessas regiões evite as áreas alagáveis ou sob risco de deslizamentos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG