A semana começou agitada para os quase 200 mil habitantes de Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Estado do Espírito Santo. Afinal, o filho mais ilustre da cidade, o cantor Roberto Carlos, retornará no próximo domingo, após um hiato de 14 anos, para justamente lá iniciar uma turnê comemorativa dos seus 50 anos de carreira, que passará por mais de 20 cidades do Brasil e exterior.

No mesmo dia, o cantor vai comemorar o aniversário de 68 anos.

Não é exagero afirmar que Roberto Carlos botou Cachoeiro de Itapemirim no mapa. Praças, ruas, suítes de hotéis, medalhas de honra da Câmara Municipal e selos emitido pelos Correios da cidade levam o nome do cantor. Anualmente, durante a semana do aniversário de Roberto, a prefeitura promove a Semana do Rei, com diversas atividades que remetem a ele. Neste ano, com a expectativa do show, os eventos praticamente triplicaram.

No início da semana, em parceria com a Catedral de São Pedro, a principal da cidade, centros culturais e colégios, a prefeitura iniciou a campanha "Como é Grande o Nosso Amor por Você", responsável por recuperar a casa onde ele nasceu, hoje um centro cultural. Também foi reconstruída a praça Da Princesa ao Rei (em homenagem ao cantor), e foram feitos seminários e missas na Catedral. Alunos das escolas particulares e municipais de Cachoeiro ainda receberam aulas sobre Jovem Guarda, com apresentações musicais de corais, teatros e palestras. A euforia ganha força com o relógio instalado na praça Gerônimo Monteiro para fazer a contagem regressiva para o show.

"A nossa expectativa é altíssima", admite o prefeito de Cachoeiro, Carlos Roberto Casteglione Dias. "Enfeitamos as ruas com cartazes de boas-vindas, fitas brancas e azuis e convocamos a população a ir para as ruas acompanhar o trajeto que Roberto fará do aeroporto até o estádio." O próprio Rei admitiu que está feliz com o retorno à cidade natal, em entrevista coletiva concedida no início do mês. "Terei que fazer um grande esforço para não chorar a cada minuto, será difícil segurar a emoção", disse.

O repertório para o show ainda não foi divulgado, mas deve ter os grandes clássicos. De certeza, Roberto cantará Meu Pequeno Cachoeiro , de Raul Sampaio. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil liberaram o estádio Sumaré, local do show. Os ingressos para a arquibancada, no entanto, ainda não se esgotaram porque muitos fãs estão com receio de comprar para este setor, já que um muro desabou em decorrência das fortes chuvas no final de março. "Não há problemas estruturais e a queda foi um caso isolado. Estamos preparados para o evento", assegura o prefeito. Até domingo, mais dez eventos, entre shows de artistas locais, saraus e exposições, ocorrerão em Cachoeiro. Então, será a vez do Rei assumir o trono.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.