Apagão atinge SP, RJ e outras regiões do País e o Paraguai

Um apagão atinge várias regiões do País e o Paraguai na noite desta terça-feira. Por volta das 22h15, o fornecimento de energia elétrica foi interrompido em pelo menos quatro Estados - São Paulo, Rio de Janeiro, Minas e Mato Grosso -, além do Distrito Federal.

Ricardo Kotscho e Sabrina Lorenzi |

AE
Vista da região central de São Paulo durante um apagão desta terça

O presidente Lula estava numa reunião com governadores no Centro Cultural do Banco do Brasil, em Brasília, sobre o pré-sal. Perguntado sobre o problema da queda de energia, o ministro de Minas e Energia,  Edison Lobão, disse que "o s técnicos ainda estão analisando, mas tudo indica que problemas atmosféricos causaram a queda do sistema de transmissão de Itaipu provocando uma reação em cadeia" .

Possíveis causas

Segundo o presidente de Itaipu, Jorge Samek, que está no comando da operação, há 99% de chances da queda de energia ter sido causada por um vendaval. Segundo ele, as cinco linhas de transmissão em Furnas apagaram ao mesmo tempo, fazendo com que as turbinas de Itaipu parassem automaticamente.

Segundo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), um terço da carga de energia que circula no sistema elétrico brasileiro foi interrompida por falhas no sistema de transmissão. A energia gerada pela Hidrelétrica Itaipu Nacional não está sendo transmitida para o Brasil.

Segundo o Operador, 17 mil megawats médios estão fora do sistema. Isso representa pouco mais de 30% de 55 mil megawats médio consumidos pelos brasileiros ¿ equivalente ao consumo de São Paulo.

ONS, Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e Ministério de Minas e Energia estão reunidos para discutir um esquema de emergência para reestabelecer a energia no País, segundo Antônio Carlos de Barros Mello, assessor especial do ministro Lobão.

É a primeira vez na história que Itaipu, responsável por 20% da energia no País, ficou totalmente inoperante, segundo Jorge Samek.

Problema de transmissão

Segundo o presidente de Itaipu, Jorge Samek, não há problema de geração de energia e sim de transmissão. Furnas é responsável pelo sistema de transmissão. Ainda segundo ele, quando isso acontece, um sistema de segurança é acionado para que a usina não gere energia sem transmitir. É o que se chama de "rodar no vazio".

Leia mais sobre blecaute

    Leia tudo sobre: luz

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG