A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a fabricação e a venda da versão em cápsulas do Circanetten, remédio indicado - como consta na bula - nos casos de hemorroidas, fissura anal e varizes. De acordo com o órgão, o motivo foi a falta de registro para a versão em cápsulas.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União de hoje e todos os lotes do medicamento deverão ser recolhidos.

A bula do remédio informa que o Circanetten é contraindicado para pacientes com hipersensibilidade alérgica a qualquer componente da fórmula, mas, segundo as indicações, ainda não foram verificadas reações adversas. O medicamento é fabricado pela Eversil Produtos Farmacêuticos Indústria e Comércio Ltda. As informações são da Agência Brasil.

AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.