Anvisa proíbe venda de marca de canela em pó e açúcar cristal

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária foram encontrados pelo de roedor e fragmentos metálicos em alimentos

AE |

selo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização, por 90 dias, da canela em pó da marca Junita, com data de fabricação de 4 de julho de 2011, produzido pela Comercial JT de Alimentos Ltda, em Poços de Caldas (MG).

Leia também: Anvisa inicia campanha sobre proibição de uso e venda de emagrecedores

Segundo informações da Agência Brasil, a Anvisa considerou que o produto representa risco à saúde do consumidor por conter pelo de roedor. 

Também foi proibida a distribuição e a comercialização, em todo o País, do Lote 12 do açúcar cristal especial da marca Estrela, com data de fabricação de 13 de maio de 2011 e validade até 13 de maio de 2013, produzido pela empresa LDC Bioenergia S.A., na filial Usina Passa Tempo (MS).

Segundo laudo, o produto continha fragmentos metálicos de diversos tamanhos.

Outros casos:
Mulher diz ter encontrado rato em pacote de salgadinho em SC
PepsiCo recebe autuação por Toddynho alterado

    Leia tudo sobre: anvisaalimentosaçucar cristalcanela em pó

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG