A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em operação conjunta com a Vigilância Sanitária municipal de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, e a Polícia Federal, deflagrou uma operação de combate à venda de medicamentos contrabandeados na cidade. Duas pessoas foram presas em flagrante.

Grande quantidade de medicamentos Pramil e Reumazin, ambos sem registro na Anvisa, além de cosméticos e saneantes contrabandeados, foram encontrados em uma loja de eletrônicos. Todos os produtos estavam sendo comercializados ilegalmente. Os infratores poderão pegar de 10 a 15 anos de prisão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.