Anvisa apreende lotes falsos de Rohypnol e Cialis no Distrito Federal

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em ação conjunta com a Polícia Civil do Distrito Federal, apreendeu 2.200 comprimidos de Rohypnol, medicamento de uso controlado que pode deixar o usuário inconsciente por várias horas.

Agência Estado |

Durante a operação realizada no fim de semana para combater a venda irregular de remédios, três pessoas foram presas. Além do Rohypnol, também foram apreendidos Cialis e Pramil - medicamentos contra disfunção erétil. O Pramil tem venda proibida no País.

A agência também divulgou, na segunda-feira, um balanço das operações contra a venda de medicamentos falsificados, realizada entre 3 e 12 de março. Segundo a Anvisa, foram apreendidos mais de 25 mil comprimidos.

Os fiscais da operação Tolerância Zero passaram pelas cidades de Colinas, Cajubi e Barretos, além de Viradouro e São Paulo. Segundo o assessor de segurança institucional da Anvisa, Adilson Bezerra, além de medicamentos falsos e contrabandeados, os produtos apreendidos não possuíam registro no órgão.

Leia mais sobre Anvisa

    Leia tudo sobre: anvisa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG