Uma denúncia anônima levou a polícia a apreender cerca de 1 tonelada de produtos cirúrgicos ilegais hoje, em uma fábrica de tubos e conexões clandestina, na zona sul de São Paulo. O dono da empresa foi preso em flagrante durante a ação, que envolveu a Polícia Civil e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Entre os produtos estavam anéis usados em cirurgia bariátrica, além de tubos, cânulas e equipamentos para ventilação mecânica.

De acordo com a Anvisa, a empresa tinha autorização apenas para fabricar tubos para construção civil. No local, também foi encontrado plástico reciclado, que possivelmente era usado como matéria-prima na fabricação dos produtos, o que é proibido pelo órgão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.