Antônio Petrin celebra no palco 40 anos de teatro

A criação do ator Antônio Petrin para o vilão Tenório, em Pantanal , volta a ser aplaudida na reprise da novela no SBT. Na mesma emissora, ele grava cenas de Revelação , folhetim que irá ao ar em outubro.

Agência Estado |

E está ainda no elenco de Alice , a nova série da HBO que estréia no dia 21. Mas do que fala mesmo com orgulho são de seus 40 anos nos palcos. "Isso contando só os trabalhos que fiz depois de formado na EAD, fora a fase amadora", diz.

Aniversário que ele celebra no teatro com o solo Só os Doentes do Coração Deveriam Ser Atores , que estréia hoje no Sesc da Avenida Paulista, em São Paulo. Ele abre a cena dizendo nada mais nada menos do que um solilóquio de Ricardo III, de Shakespeare. Eduardo Figueiredo assina a direção e também o texto inspirado no livro Além das Ilhas Flutuantes , do diretor italiano Eugenio Barba, no trecho que ele fala sobre um ator polonês.

Petrin é Jacek, esse ator cardíaco de 60 anos, que ensaia Ricardo III mesmo tendo sido proibido por seu médico. "Ele existiu de verdade, um grande ator shakespereano", afirma Petrin. Nessa recriação poética, Jacek fala de seu relacionamento com a arte, com as mulheres e até com o álcool. "Ele bebe demais. É um homem de desmedidas, mas também de muito humor." No palco está ainda a pianista Elaine Giacomelli que interpreta composições de Schumann, Brahms, Mozart e ainda assume, aos olhos do ator, o papel de algumas de suas mulheres.

Havia planos para comemorar esses 40 anos. "Produzo muito, tenho projetos, mas conseguir apoios é sempre difícil", diz. Mas aceitou o convite com prazer. "É bastante interessante nesse solo o trânsito entre humor e drama." Nada que assuste quem atuou em 42 peças desde a estréia, em 1968, em Jorge Dandin , de Molière. Que já contracenou com Paulo Autran e Bibi Ferreira em O Homem de la Mancha e interpretou autores que vão de Sartre a Vianinha. Solos? Bem, vale lembrar: ele fez com rara sensibilidade, mais de uma vez, A Última Gravação de Krapp , de Beckett. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Só os Doentes do Coração Deveriam Ser Atores . 60 min. 14 anos. Sesc Avenida Paulista (60 lug.). Av. Paulista, 119, São Paulo. Tel. (011) 3179-3700. 4.ª e 5.ª, 21 h. R$ 5/R$ 20. Até 2/10.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG