ANJ criará conselho de autorregulamentação até o fim do ano

Presidente da Associação Nacional de Jornais anuncia criação, até o fim do ano, de conselho com 7 membros para regularizar o setor

iG Rio de Janeiro |

A presidente da ANJ (Associação Nacional de Jornais), Judith Brito, anunciou esta manhã que a entidade vai criar um conselho de autorregulamentação do setor. A afirmação foi feita na abertura do 8º Congresso Brasileiro de Jornais, no Rio de Janeiro.

O evento, que teve como tema de abertura "O futuro da democracia e o jornalismo", começou hoje e acontece até amanhã, no Hotel Windsor na Barra da Tijuca (zona oeste).

"Discutimos por anos essa necessidade e chegamos à decisão de a ANJ ter um conselho de auto-regulamentação, com sete membros", afirmou Judith.

De acordo com ele, o conselho deve se basear no código de ética da ANJ   e terá como modelo conselhos semelhantes existentes em outros países, mas ainda não existe um formato claro de como funcionará o órgão, operacionalmente. Não haverá discussões oficiais sobre o assunto no congresso.

A decisão foi tomada na última reunião da entidade, em 22 de julho. O conselho deve começar a funcionar até o fim do ano, segundo Judith Brito.

"Com a queda da Lei de Imprensa, achamos que deveríamos ter um órgão para fazer a regulação do setor", afirmou a presidente da ANJ.

    Leia tudo sobre: ANJjornalismoauto-regulamentação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG