Aníbal entra com representação contra Luciana Genro por quebra de decoro

BRASÍLIA - O líder do PSDB na Câmara, deputado José Aníbal, ingressou nesta quarta-feira com uma representação por quebra de decoro parlamentar contra a deputada Luciana Genro (PSOL-RS). Aníbal acusa a deputada de ter feito acusações de corrupção contra a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, sem ter provas.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

O deputado relembra que, na quinta-feira passada, Luciana Genro convocou uma entrevista coletiva em Porto Alegre e apresentou denúncias contra a governadora Yeda, alegando ter tido acesso a provas, gravações em vídeo e áudio de pessoas que estão sendo investigadas pelo Ministério Público, com base na Operação Rodin, da Polícia Federal.

De acordo com o deputado, o Procurador da República encarregado do caso negou ao PSDB que o PSol tenha tido acesso a qualquer informação do processo.

A deputada Luciana Genro pode discordar de ideologias partidárias diferentes da sua, pode fiscalizar, dar a sua opinião, criticar, denunciar ilegalidades, mas não pode abusar. A salvaguarda que lhe é concedida pela Constituição para o exercício pleno de sua representatividade não é absoluta. Está lá: se abusar, perde o mandato, alega Aníbal na representação.

Ao saber da atitude de Aníbal, Luciana disse que pode se defender pedindo ao Ministério Público do Rio Grande do Sul documentos que comprovem as denúncias feitas contra a governadora Yeda.

O PSDB nunca entrou com representação no Conselho de Ética contra nenhum parlamentar acusado de corrupção e agora tenta cercear o meu direito de exercer meu mandato na denúncia de corrupção no governo gaúcho, disse ela. Se essa ação tiver prosseguimento, vou me defender pedindo pra que requeiram ao Ministério Público do Rio Grande do Sul as provas que eu não tenho aqui em minhas mãos, mas estão lá.

Antes de seguir para a análise do Conselho de Ética, a representação será analisada pelo corregedor da Casa, deputado ACM Neto (DEM-BA).

Leia mais sobre: Yeda Crusius

    Leia tudo sobre: yeda crusius

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG