Aneel quer fiscalização especial sobre blecautes em São Paulo

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hubner, disse nesta quarta-feira que o órgão solicitou à Agência Reguladora de Saneamento e Energia de São Paulo (Arsesp) uma fiscalização especial à respeito dos blecautes que atingiram o Estado na semana passada.

Agência Estado |

A Aneel tem um convênio com a agência paulista para regulação das empresas de energia de São Paulo. Na segunda-feira, a secretária de Saneamento e Energia de São Paulo, Dilma Pena, se reuniu com representantes de cinco empresas distribuidoras de energia em São Paulo: AES Eletropaulo, CPFL, Elektro, Bandeirante Energia e Grupo Rede.

O governo paulista fez cobranças a respeito dos longos apagões registrados na semana passada. Segundo Hubner, se não houver uma justificativa para o problema, as companhias podem ser multadas.

Nesta terça-feira, o governador José Serra (PSDB) ameaçou processar as concessionárias de energia elétrica . "O Procon atuará caso verifique que as coisas não estão sendo tocadas como deveriam. Eu diria que é provável que haja (uma ação)." Um procedimento administrativo foi aberto e, após todos os prazos de defesa e respostas, se for constatada negligência na prestação dos serviços, o Procon poderá aplicar multas que variam de R$ 200 a R$ 3 milhões.

Leia mais sobre: blecaute

    Leia tudo sobre: blecaute

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG