Aneel: não há dúvidas de origem climática do blecaute

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hubner, disse hoje que não há dúvidas de que foram fatores climáticos que originaram o blecaute que deixou 18 Estados sem luz na noite de terça-feira da semana passada. O que ocorreu surgiu a partir disso.

Agência Estado |

Mas é impossível saber, enquanto não temos uma análise mais profunda, se os equipamentos operaram de forma adequada", afirmou. Segundo ele, é essa análise que está sendo feita agora pela Aneel, na condição de órgão fiscalizador do setor.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão disse que o relatório final da Aneel sobre o blecaute será submetido a técnicos convidados pelo governo para darem opinião. "Quando for emitido o relatório, combinei com o Hubner de convidar técnicos especializados em eletricidade, como a USP (Universidade de São Paulo), para avaliar esses relatórios. Ou seja, tudo será feito, absolutamente, às claras", afirmou o ministro.

De acordo com a pasta, foi determinado que tanto a Aneel quanto o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) terão 30 dias, contados a partir da segunda-feira, para entregar seus relatórios. Esse prazo foi determinado pelo grupo de trabalho formado pelos ministérios para acompanhar as investigações. Hubner e Lobão participaram hoje da assinatura de contratos de concessão de novas linhas de transmissão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG