Aneel multará Light em R$ 3,9 mi por apagões de 2008

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que multará a Light em R$ 3,9 milhões por conta de apagões ocorridos em 2008. O valor pode ser ampliado até o limite de 1% do faturamento da companhia, caso a fiscalização da agência constate falhas de planejamento, manutenção e operação da rede nas últimas semanas, quando uma série de apagões ocorreu na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Agência Estado |

A primeira punição, informou a Aneel, refere-se ao descumprimento de metas dos indicadores de duração e frequência de cortes no fornecimento (DEC e FEC), ou seja, cortes de energia em número de duração maiores que os limites estipulados pela agência. A multa foi emitida na segunda-feira e há um prazo de 10 dias para recurso.

Também na segunda, a Aneel enviou ao Rio uma equipe técnica para fiscalizar as atividades da empresa, trabalho que deve ser concluído em até 10 dias. É desse relatório que depende a aplicação de uma nova penalidade.

A atuação da distribuidora está sendo contestada também pela Associação Brasileira do Consumidor (Abracon), que iniciou hoje Ação Civil Pública na 5ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro contra as concessionárias de energia elétrica Light e Ampla por conta dos apagões das últimas semanas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG