Aneel autoriza desapropriação de área para a Usina de Jirau

Usina terá potência suficiente para abastecer quase 10 milhões de casas

Agência Brasil |

Uma área de 143,9 mil hectares (ha), localizada em Porto Velho (RO), foi declarada de utilidade pública para fins de desapropriação. As terras serão utilizadas para a implementação do reservatório, da área de preservação permanente e de canteiros residencial e industrial da Usina Hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira.

A decisão foi tomada pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Do total, 140,9 mil ha serão destinados ao reservatório e à área de preservação permanente, 1,9 mil ha para realocação de pessoas e 1,07 mil ha para o canteiro industrial.

A Usina Hidrelétrica de Jirau terá uma potência de 3,3 mil megawats (MW) e uma energia assegurada de 1,9 mil MW médios, suficientes para abastecer quase 10 milhões de casas. O custo total da obra está orçado em R$ 9 bilhões e a hidrelétrica deve entrar em funcionamento no primeiro semestre de 2012.

    Leia tudo sobre: jiraudesapropriação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG