Andrucha Waddington leva às telas vida do dramaturgo Félix Lope de Vega

Málaga (Espanha), 20 abr (EFE).- O diretor Andrucha Waddington levará aos cinemas a vida do dramaturgo espanhol Félix Lope de Vega, em um filme no qual participará a brasileira Sônia Braga.

EFE |

"Lope", uma co-produção hispânico-brasileira, começará a ser rodado na quinta-feira e contará com um orçamento de 13 milhões de euros (mais de US$ 16 milhões).

O filme "fala de um Lope jovem, um menino que quer ser alguém e provar ao mundo que é alguém", afirmou hoje o cineasta no marco do 12º Festival de Cinema Espanhol de Málaga.

Nesse sentido, o diretor destaca que se trata de um filme "muito contemporâneo, porque um jovem do Século de Ouro e um de hoje têm as mesmas expectativas".

"Lope" será "um filme de amor, aventuras e descobertas, que acaba quando o protagonista começa a ser Lope de Vega", disse Waddington, casado com a atriz Fernanda Torres.

O diretor decidiu que, para o papel protagonista, queria "um ator que não fosse muito conhecido, porque Lope, nesse período, também não era conhecido", e o escolhido foi o jovem Alberto Ammann.

A atriz Pilar López de Ayala, por sua vez, disse que estava "muito contente por participar desta história".

"É uma história com muito amor e que fala de valores importantes, como a dignidade ou a liberdade", afirmou a atriz, que encarnará uma "mulher contraditória", Elena de Osorio, "o primeiro amor de Lope de Vega e a Filis dos poemas que escreveu". EFE jlp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG