André Fernandes começa a depor na CPI dos Cartões

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Cartões Corporativos iniciou por volta das 11 horas de hoje a tomada do depoimento do consultor legislativo André Fernandes, assessor do senador Alvaro Dias (PSDB-PR). Segundo a presidente da CPI, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), Fernandes teria 20 minutos para fazer uma apresentação inicial.

Agência Estado |

Fernandes e o ex-secretário de Controle Interno da Casa Civil José Aparecido Nunes Freire são apontados como responsáveis pelo vazamento das informações da Casa Civil, com as quais acabou sendo montado um dossiê sobre gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso com cartões corporativos.

Antes do início do relato de Fernandes, a CPI ficou em sessão secreta por mais de uma hora, durante a qual foram lidos aos parlamentares os depoimentos prestados à Polícia Federal pelo assessor e por Aparecido. O senador Jefferson Peres (PDT-AM) afirmou que o depoimento dado pelos dois à PF ainda necessita de novos desdobramentos na CPI. "Há mais coisas a serem perguntadas do que eles falaram à Polícia Federal", disse Peres. Para Peres, pode haver a necessidade de uma acareação entre Fernandes e Aparecido.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG