Andinho é condenado a mais 11 anos de prisão em SP

O seqüestrador Wanderson Nilton de Paula Lima, o Andinho, foi condenado, ontem, em Campinas, no interior de São Paulo, a mais 11 anos e 9 meses de reclusão por porte ilegal de arma e tentativa de homicídio contra dois policiais civis. Os crimes ocorreram em fevereiro de 2002.

Agência Estado |

A pena do criminoso agora chega a 539 anos e 9 meses. Andinho já foi condenado por seqüestros e roubos. Ele está recolhido na Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, no Oeste do Estado. As informações são do Jornal da Tarde

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG