Anastasia repete Aécio e pede novo pacto federativo

Repetindo seu antecessor Aécio Neves (PSDB), o governador de Minas Gerais e pré-candidato tucano na sucessão estadual, Antonio Anastasia, defendeu hoje um novo pacto federativo para o País, com a desconcentração das receitas nas mãos da União. Nesses anos, a federação esmaeceu, discursou, durante a solenidade de entrega da Medalha da Inconfidência a 280 pessoas em Ouro Preto, no interior do Estado.

Agência Estado |

Foi a primeira vez que Anastasia presidiu as comemorações do 21 de abril em Minas. Segundo ele, a federação brasileira está "cada vez mais anêmica e submissa" e "foi incapaz de combater a intensa verticalização do poder no País, que tolhe as vocações regionais e nos diminui, uns perante os outros".

O governador citou Aécio e lembrou o centenário de nascimento de Tancredo Neves. A ministra do Supremo Tribunal Federal, Carmen Lúcia Antunes Rocha, foi a oradora oficial da tradicional solenidade realizada na Praça Tiradentes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG