Anac suspende venda de passagens da Webjet

Decisão vale até sexta-feira. Por falta de tripulantes, companhia aérea cancelou 35,7% dos voos programados até as 21h

iG São Paulo |

null

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) suspendeu, nesta segunda-feira, a venda de bilhetes da companhia aérea Webjet para os voos programados até a próxima sexta-feira. A decisão foi tomada em razão do alto número de voos cancelados pela companhia , que alega fata de tripulantes para atender a demanda.

Dos 129 voos programados para até as 21h em todo o País, 39 (30,2%) tiveram atrasos e 46 (35,7%) foram cancelados. Pela manhã, os cancelamentos chegaram a mais de 50% do total de voos da companhia.

Por meio de nota, a Anac informa que "medidas mais severas poderão ser tomadas ao longo da semana se a situação não for equacionada pela empresa". Em julho, a Webjet foi autuada pela ANAC em R$ 225 mil por ter excedido a carga horária da tripulação.

Em nota, a companhia aérea atribui o problema ao crescimento da demanda de passageiros e diz que, para solucionar essa situação, "será realizada a reacomodação dos passageiros em voos da própria empresa e de outras companhias, isenção total das taxas de remarcação normalmente aplicadas, reembolso das tarifas pagas pelas passagens e fretamento de aeronaves". 

De acordo com a Anac, o índice de voos cancelados pela Webjet tem crescido ao longo das últimas semanas. Passaram de 2,4% em agosto para 5,7% em setembro, chegando a 9,7% na última semana. No entanto, a agência destaca que, até então, estes "cancelamentos foram realizados de forma programada de modo que o passageiro não observasse nenhum transtorno".

A agência diz que enviou equipes de fiscalização para os aeroportos de Galeão e Santos Dumont, no Rio de Janeiro; Guarulhos, em São Paulo; Porto Alegre, Salvador e Confins (MG) para fiscalizar o atendimento aos passageiros.

AE
Aglomeração de passageiros, nesta sgeunda-feira, na fila do check- in da WebJet no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: webjetanacvoos cancelados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG