Amy Winehouse fará tratamento contra drogas em Israel, diz jornal

A vencedora do Grammy e recordista de vendas Amy Winehouse está em Israel para, em ¿algumas semanas¿, ser submetida a um tratamento de reabilitação contra as drogas, de acordo com a informação do Jewish Chronicle, o jornal, em atividade, mais antigo da comunidade judaica, com sede em Londres.

Redação |

A reportagem cita um alto oficial da Autoridade Anti-Drogas de Israel, Eliezer Cohen, que disse que Winehouse receberá por um período de curta duração, tratamento médico intensivo e efetivo.

Foi procurada uma renomada instituição israelense e um professor do País que conduz um método muito especial e efetivo de reabilitação, diz Cohen. (Winehouse) requisitou o tratamento dele, já que se trata de um método adequado para ela.

A publicação informou que o professor em questão é o Dr. Andre Waismann, cujo método de Neuro-regulação acelerada faz com que o paciente passe por um intenso período de abstinência, sob anestesia, produzindo um alto índice de êxito.

Todos os meus pacientes estão saudáveis e deixaram a dependência, disse Waismann, responsável pela clínica de neuro-regulação acelerada no Centro Médico Barzilai, em Ashkelon. Há um mal entendido sobre o vício das drogas. As pessoas pensam que se trata de um problema social e psicológico, mas é um problema neurológico, diz ao Chronicle.

Seja Amy Winehouse ou qualquer outra pessoa, é um privilégio poder tratar qualquer um que seja dependente químicos, e permitir que vivam uma vida normal, diz a citação dele ao Chronicle.

Waismann introduziu a técnica há 10 anos e oferece o tratamento para pacientes do exterior por uma quantia estimada de US$ 12.700, de acordo com a reportagem.

Espera-se que a cantora passe por um período de adaptação de três dias, depois do qual ela será levada um hotel e incentivada para engajar em uma atividade física para melhorar seu estado mental, de acordo com o Chronicle.

Leia mais sobre: amy winehouse

    Leia tudo sobre: amy winehouse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG