A cantora Amy Winehouse foi detida nesta quarta-feira (07) em Londres, para prestar um novo depoimento sobre o vídeo em que ela aparece consumindo drogas.

O vídeo foi obtido pelo tablóide The Sun. Nele, a cantora está com um cachimbo semelhante aos usados para fumar crack. Além disso, ela aparece cheirando cocaína e admite tomar antidepressivos.

A polícia se limitou a informar que 'uma mulher de 24 anos se apresentou na delegacia' e 'foi presa devido à suspeita de posse de drogas controladas.'

É a segunda detenção de Winehouse em poucos dias. No final de abril, ela passou uma noite presa, acusada de ter agredido duas pessoas num bar na capital britânica, e foi solta na manhã seguinte.

O incidente acontece apenas um dia depois da cantora ser convidada para participar do show em homenagem aos 90 anos de Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul.

Estima-se que Winehouse, cuja luta contra a dependência de drogas ofusca sua carreira musical, tenha uma fortuna de 20 milhões de dólares, segundo a mais recente lista de ricos do jornal Sunday Times.

Ela não compareceu aos prêmios Grammy em Los Angeles, em fevereiro, mas, ainda assim, ganhou cinco estatuetas, incluindo disco e música do ano por 'Rehab' e melhor vocal em disco pop por seu disco de estréia, 'Back to Black'.

Leia mais sobre Amy Winehouse

Com informações da agência Reuters

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.