Amorim: Lula propôs a Obama reunião sobre base militar

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva propôs hoje ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, uma reunião com a União das Nações Sul-americanas (Unasul) para discutir a ampliação da base norte-americana na Colômbia. A informação foi dada pelo ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, na portaria do Palácio da Alvorada, depois de acompanhar a conversa, por telefone, dos dois presidentes.

Agência Estado |

No telefonema de cerca de 30 minutos, Lula ainda pediu garantias jurídicas por parte dos Estados Unidos e da Colômbia para que as bases tenham por finalidade apenas o combate ao narcotráfico. Segundo o ministro, Lula pediu que Obama sugerisse uma data e local para o encontro. A próxima reunião da Unasul está marcada para o final do mês em Bariloche, na Argentina, e a questão, disse Amorim, não deve ser discutida nesse encontro.

"O presidente Lula reiterou que respeita a soberania da Colômbia, mas salientou que há uma sensibilidade na região e que em alguns países essa sensibilidade ainda é maior", disse Amorim, referindo-se ao Equador e à Venezuela, que têm divergências políticas com a Colômbia. Amorim afirmou que o presidente norte-americano vai considerar a hipótese e avaliar a possibilidade de uma reunião da Unasul. "Ele (Obama) disse que avaliaria essa possibilidade com sua equipe e agradeceu o conselho", disse Amorim.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG