Amigos prestam solidariedade à família do cineasta Fábio Barreto

RIO DE JANEIRO - Amigos de Fábio Barreto foram neste domingo ao Hospital Copa Dor, no Rio de Janeiro, prestar solidariedade à família do cineasta, que sofreu um acidente de carro na noite de sábado e desde então está internado no local, em estado grave.

Anderson Dezan e Cláudia Dias |


Dora Pellegrino, ex-mulher e mãe de um dos quatro filhos do cineasta, chegou na tarde de domingo ao hospital e estava muito nervosa. Ela foi casada com o cineasta durante 13 anos e os dois têm uma filha, Mariana, hoje com 20 anos. Barreto tem mais outros três filhos.

Segundo Dora, a família está mais tranquila agora que o quadro do cineasta foi estabilizado. "Foi um susto, mas ele é forte e vai sair dessa", afirmou.

O cineasta Guell Arraes também ressaltou a força de Barreto e a importância de ter resistido à primeira noite, "a mais perigosa". "Agora é orar", disse.

AE
Patricia Pillar e Ciro Gomes foram ao hospital neste domingo

Patricia Pillar e Ciro Gomes foram ao hospital neste domingo

Para o diretor Sérgio Rezende, a situação já está "mais controlada". "Os médicos disseram que o perigo que ele passou de madrugada, esse sim foi sinistro".

Ao lado do deputado Ciro Gomes, a atriz Patrícila Pillar também foi ao Copa D'Or. "Estamos aqui e estamos com muita esperança", disse ela, que trabalhou com Fábio Barreto em "O Quatrilho".

A atriz Cristiana Oliveira, que trabalhou com Barreto em "Nossa Senhora de Caravaggio", contou que um amigo seu recebeu o cineasta no hospital Miguel Couto, onde o primeiro atendimento foi feito. Segundo ele, o fato de o local estar vazio permitiu que uma cirurgia fosse feita rapidamente. "Isso salvou a vida dele", contou Oliveira. "Ele já foi salvo, agora é só fazer uma corrente de oração em torno dele."

Ao sair do hospital, Frei Betto disse ter ido ao local prestar "assistência pastoral". "Só posso dizer que está tudo muito bem", disse, acrescentando que deu uma benção ao cineasta.

O ator Fábio Lago - que interpreta Fabiano, em "Caras e Bocas" - disse que Barreto é um guerreiro, um touro". Lago nunca participou de um filme do cineasta, mas conviveu com ele durante as filmagens de "Lula - O Filho do Brasil".  Alice Gomes, sua esposa, participa do longa. O ator global está otimista. "Agora que o quadro se estabilizou, a gente pode ter ainda mais esperança. Ele vai sair dessa. A família dele é muito forte e muito unida. Eu sigo minhas intuições e, quando ouvi a notícia, tive uma boa sensação", disse.

O músico Orlando Morais também foi ao Copa D'or, assim como os pais de Fábio Barreto, os produtores Lucy e Luiz Carlos.

Fábio iniciou sua carreira em 1977 e, desde então, já dirigiu 13 filmes. Seu trabalho mais recente é o longa "Lula - O Filho do Brasil", baseado no livro de Denise Paraná, que estreia em 1 o de janeiro em todo o País.

A produção causou críticas da oposição, que acusa a produção de ser uma peça de campanha para as eleições do ano que vem. Entre outros filmes dirigidos por Barreto está "O Quatrilho", indicado para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1995.

Com Reuters

Leia também:

Leia mais sobre: Fábio Barreto

    Leia tudo sobre: acidentecinemafabio barreto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG