MANAUS ¿ A cidade de Manaus recebe de hoje até o dia 13 de novembro a 5ª edição do Amazonas Film Festival, que faz uma reflexão sobre a natureza através da sétima arte com convidados como os diretores Alan Parker e Claude Lelouch.

Sob o poder de convicção de um ambiente natural privilegiado e através de alguns filmes de ficção e documentários que compõem o concurso, o Amazonas Film Festival convocará o simpósio "As celebridades salvarão o planeta?" com o objetivo de analisar a eficácia da linguagem cinematográfica para criar conscientização.

O diretor francês Claude Lelouch, ganhador da Palma de Ouro em Cannes por "Um Homem, Uma Mulher" em 1966, é o convidado de honra do festival, juntamente com a atriz e diretora brasileira Carla Camurati, e apresentará em Manaus seu filme "Crimes de Autor" (2007).

Além disso, na cerimônia de abertura que ocorrerá esta tarde no célebre Teatro Amazonas, construído com estética e materiais europeus nos tempos em que a cidade era a capital da borracha, haverá um tributo ao cineasta local Gustavo Dahl, presidente de honra do festival.

Alan Parker, conhecido por filmes como "O Expresso da Meia-Noite" (1978) e "Mississipi em Chamas" (1988), terá a missão de ser presidente do júri de ficção, ajudado pelas atrizes Neve Campbell e Parker Posey, entre outros.

Alguns dos filmes que competirão são "Birdwatchers - Terra Vermelha", de Marco Bechis (Brasil/Itália), já exibido na Mostra de Veneza, e "Captive", do russo Alexey Uchitel. Os problemas de uma professora de uma escola municipal da periferia do Rio de Janeiro para encontrar os pais de um aluno são a trama de "Verônica", de Maurício Farias, que abre hoje a mostra.

Além disso, o compromisso social e histórico será abordado desde a perspectiva de um menino soldado através da co-produção entre Libéria e França "Johnny Mad Dog", de Jean-Stéphane Sauvaire. China, Áustria, Índia, Cazaquistão, Alemanha e Quirguistão são os países que completam o amplo espectro de olhares cinematográficos que estarão presentes em Manaus.

Como projeção especial será apresentado "8", baseado no projeto coletivo promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU), e que uniu diretores como Jane Campion, Wim Wenders, Gaspar Noé, Mira Nair e Gael Garcia Bernal. A produção, no entanto, recebeu críticas negativas ao estrear na Festival de Roma.

O gênero documentário tratará com ainda mais precisão de temas ecológicos com propostas como o canadense "Addited to Plastic", de Ian Connacher, que analisa o efeito devastador deste material no meio ambiente. Outro representante do gênero será o retrato da Antártica como destino turístico em "Ice People" (França / Estados Unidos), dirigido por Anne Aghion.

As lembranças de experimentos nucleares no Atol de Bikini serão tratados na produção brasileira "De Volta a Bikini", de Lawrence Wahba e Lygia Barbosa, e a vida das mulheres indianas que devem buscar água para suas famílias em "Water, Woman & 10.000 Miles", de Nilosree Biswas (Cingapura) serão outros dos temas tratados. O documentarista sul-africano Michael Rosenberg será o presidente do júri da seção de documentários.

Produções da Finlândia, do Japão, da França e dos Estados Unidos completam o concurso. Para encerrar o festival, será apresentado o documentário "O grande balé vermelho - mistério dos flamingos" que, no entanto, estará fora de concurso. Este filme, dirigido pelos neozelandeses Matthew Aeberhard e Leander Ward, segue os passos de um pequeno flamingo no Lago Natron, no norte da Tanzânia.

O Amazonas Film Festival também dedicará uma homenagem ao cinema brasileiro de 2008 com a projeção de três filmes e se dedicará a exibição de Curta-Metragens em uma seção na qual concorrem oito produções locais.

Fundado em 2004 pelo Governo do Amazonas, o evento já atraiu personalidades como Roman Polanksi e Claudia Cardinale. O festival ainda insistiu em tomar medidas contra o desmatamento da bacia do Rio Amazonas que, segundo dados oferecidos pela organização, contempla em seu ecossistema cerca de 50% das plantas e dos animais do planeta.

(Reportagem de Mateo Sancho Cardiel)

Leia mais sobre: Amazonas Film Festival

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.