Crimes assustam moradores do interior do Amazonas

Em menos de uma semana, um radialista foi morto com 8 tiros e duas meninas foram espancadas e, possivelmente, estupradas em casa

AE |

selo

Crimes no interior do Amazonas têm chocado os moradores de municípios pacatos e sem registros de violência. No dia 2, o radialista Vanderlei Canuto foi morto próximo à sua casa com oito tiros disparados por um motoqueiro, em Tabatinga, a cerca de 1.105 quilômetros da capital. Ninguém foi preso.

Na madrugada de domingo (4), duas adolescentes, uma de 12 e outra de 13 anos, foram espancadas e possivelmente estupradas na casa de uma delas, onde dormiam sozinhas, em Urucará, a 270 quilômetros de Manaus. Uma das meninas morreu na hora, com o crânio esfacelado por um objeto pesado. A outra foi transferida para um hospital na capital, onde está internada em estado grave. Não há suspeitos.

Segundo o prefeito de Urucará, Fernando Falabella, a população está assustada. O município tem 12 mil habitantes e apenas seis policiais na delegacia. "O governo estadual prometeu mais policiamento, mas não temos ainda previsão".

    Leia tudo sobre: crimesamazonasmoradores assustados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG