Canoa afunda em Manaus e deixa quatro desaparecidos

Segundo a polícia, canoa tinha capacidade para levar três pessoas, mas carregava cinco

AE |

selo

Duas mulheres e duas crianças estão desaparecidas desde as 14h (16h em Brasília) desta terça-feira, após uma canoa afundar no rio Negro, em Manaus, no Amazonas. A embarcação saiu da comunidade do Tatu, próximo da praia do Tupé, e seguia para a comunidade de Paricatuba quando afundou.

Leia também:  Médico de São Paulo desaparece no Rio Amazonas

Segundo a polícia, a chuva, o vento forte e a superlotação da canoa teriam sido a causa do naufrágio. Havia cinco pessoas dentro da embarcação, com capacidade para transportar apenas três. 

Um jovem de 18 anos, identificado como Luiz Romário, conseguiu nadar até a praia. Os desaparecidos são: Maria Nete, 35 anos, Maria Lopes da Silva, 65, Bruno da Silva Alves, de 4 anos, e Maysa, também de 4 anos. A canoa foi localizada a cerca de um quilômetro da margem.

    Leia tudo sobre: amazonasrio negronaufrágio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG