AM treina pediatras para conter dengue entre crianças

Crianças são maioria entre os 1.218 casos de dengue registrados no Estado do Amazonas nos primeiros três meses desse ano, quando aumentou em 992%, o número de doentes em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o Ministério da Saúde.

Agência Estado |

Para evitar o avanço da doença, a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) do Amazonas, órgão ligado à Secretaria Estadual de Saúde, iniciou uma campanha de formação de médicos pediatras da rede pública para atendimento de crianças com suspeita de dengue.

As crianças serão atendidas nas unidades básicas de saúde, instaladas nos bairros de Manaus, visando à identificação e tratamento imediato do vírus. A capital do Estado registrou a maior parte dos casos (95%) e lá foi constatado que crianças são as maiores vítimas da doença. Entre 62 casos de dengue hemorrágica, a forma mais grave, 70% das vítimas são crianças. Dos três mortos pela doença nesse ano em Manaus, dois são crianças.

"A preocupação é grande porque os sintomas da dengue podem ser mais fortes em crianças", alerta Bernardino Albuquerque, diretor-técnico da FVS. Em Manaus, as forças armadas participam da operação contra a dengue, auxiliando agentes de saúde na visita às residências e aplicação do fumacê nos bairros da capital amazonense. Somente nos primeiros trinta dias da Operação Impacto, foram encontrados 180 mil criadouros do mosquito transmissor da dengue, em duas zonas da cidade.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG