Álvaro Lins retira recurso que pede anulação de seu processo de cassação

RIO DE JANEIRO - O deputado estadual e ex-chefe de Polícia Civil do Rio de Janeiro Álvaro Lins (PMDB) retirou nesta segunda-feira, o recurso que pretendia anular a tramitação do seu processo de cassação. Com isso, o processo deve ser votado na tarde de terça-feira (12).

Agência Brasil |

Álvaro Lins havia entrado com o recurso na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na última sexta-feira (8), enumerando uma série de elementos que, segundo ele, teriam tornado o procedimento irregular. Segundo a assessoria de imprensa da Alerj, Álvaro Lins retirou o recurso para não atrasar o processo.

O deputado peemedebista foi preso em flagrante pela Polícia Federal no dia 29 de maio deste ano, acusado de lavagem de dinheiro, corrupção e formação de quadrilha. Ele foi solto pela Assembléia Legislativa do Rio (Alerj) no dia seguinte, porque os parlamentares consideraram a prisão ilegal.

No último dia 5, o Conselho de Ética da Alerj aprovou, por unanimidade, relatório que pede a cassação de Álvaro Lins.

Leia mais sobre: Álvaro Lins

    Leia tudo sobre: processos de cassaçãoálvaro lins

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG