Alunos e funcionários de escola no Rio passam mal por causa de merenda

RIO DE JANEIRO ¿ Fiscais da Vigilância Sanitária foram nesta sexta-feira à Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch, em São Cristóvão, zona Norte do Rio, avaliar as condições da cozinha do local. Ontem, alunos e funcionários do colégio passaram mal depois de terem almoçado na escola.

Redação |

Segundo a Vigilância Sanitária Municipal, os agentes não puderam realizar coletas de alimentos já que as aulas estão suspensas e, por isso, hoje não foram servidas merendas na unidade. Os fiscais, no entanto, fizeram uma inspeção na cozinha e nos equipamentos usados no preparo da comida.

Na segunda-feira, os agentes vão retornar a escola para coletar amostras de alimentos e de água. Eles pretendem ainda entre em contato com as vítimas para a realização de exames. Os funcionários e alunos que passaram mal apresentam sintomas de infecção intestinal, entre eles, diarréia. A Vigilância Sanitária informou que o prato servido ontem foi arroz, feijão, frango desfiado com creme de leite e salada de cenoura e beterraba.

Leia mais sobre: Vigilância Sanitária


    Leia tudo sobre: riovigilância sanitária

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG