O Ministério da Educação vai incluir, a partir do ano que vem, a avaliação das escolas rurais na Prova Brasil. Criada para ser universal e testar todos os alunos de 4ª e 8ª série do ensino fundamental, a Prova considerava apenas as escolas urbanas.

A expectativa agora é de que mais 450 mil alunos e 10 mil escolas sejam avaliados.

No entanto, entre as escolas rurais, a prova será feita apenas na 4ª série, já que praticamente não há unidades com turmas de 8ª série que sigam o padrão mínimo adotado pelo MEC, de pelo menos 20 alunos matriculados por turma. Apesar do número expressivo de escolas rurais no País - chegam a 88 mil -, a maioria é pequena e tem apenas até a 4ª série, concentrando 15% das matrículas da educação básica.

Ainda assim, a entrada dessas turmas na Prova Brasil era cobrada pelos secretários de educação e ONGs que trabalham com educação no campo. “Havia um receio de que as redes concentrassem os esforços nas escolas urbanas porque apenas os resultados dessas contavam para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, explica Reynaldo Fernandes, presidente do Instituto Nacional de Estatísticas e Pesquisas em Educação (Inep). O Ideb de cada município é formado pelos resultados na Prova Brasil associados a dados de evasão e repetência. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.