SÃO PAULO - Alunos, ex-alunos e professores de psicologia das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), Faculdades Integradas Alcântara Machado e Faculdades (Fiam) e Faculdades Integradas São Paulo (Fisp) vão a Santa Catarina para auxiliar profissionais locais no atendimento de vítimas do estresse pós-traumático, segundo informações da assessoria das instituições. Os docentes Othon Vieira Neto e Cláudia Maria Sodré Vieira, especialistas que desenvolvem há mais de dez anos projetos de intervenção em situações de emergências, vão coordenar o trabalho da equipe.

Acordo Ortográfico

O objetivo é identificar sintomas de estresse pós-traumático, como ansiedade, dificuldades de sono, pesadelos, apatia, irritabilidade, sensação de fragilidade e vulnerabilidade, entre outros.

De acordo com Vieira Neto, pesquisas internacionais indicam que entre 5% e 10% da população atingida por desastres naturais apresentam sintomas da doença por pelo menos um ano.

A psicóloga Cláudia Maria disse que a equipe ficará em Florianópolis e Balneário Camboriú, solicitando em seguida autorização da Defesa Civil para atuarem no Vale do Itajaí.

Veja também:

Leia mais sobre: Santa Catarina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.