BRASÍLIA - Cerca de 300 estudantes ocuparam nesta quinta-feira o prédio da reitoria da Universidade de Brasília (UnB) para exigir que o reitor Timothy Mulholland deixe o cargo, de forma a permitir que possam ser realizadas com isenção as investigações sobre uso irregular de recursos da instituição.


"É uma ocupação de indignação com a situação da UnB", afirmou Adriano Dias, do Diretório Central de Estudantes (DCE).

Segundo ele, os estudantes têm uma pauta extensa de reivindicações. "O reitor nunca recebeu a gente para negociar", contou.

Os estudantes defendem a realização de eleições paritárias para a escolha de um sucessor para Timothy Mulholland, na qual os votos dos estudantes e dos professores da Universidade tenham o mesmo peso para a escolha do reitor.

Segundo Adriano Dias, o reitor não estava no local. Alguns funcionários permaneceram na reitoria trabalhando. "A gente não está prendendo ninguém. Pode sair todo mundo. Eles estão aqui porque querem", afirmou Dias. Mais tarde, chegou ao prédio da reitoria um grupo de policiais federais.

Leia mais sobre: UnB

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.