Alunos da rede pública de Piraí (RJ) ganham notebooks

O Brasil terá nos próximos dias um município em que todos os alunos e professores das escolas públicas têm computadores portáteis: Piraí, no Rio de Janeiro, cidade do vice-governador do Estado, Luiz Fernando Pezão. Com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi iniciada hoje a distribuição de 5,5 mil notebooks às crianças e professores nesta fase, que vão juntar-se a outros 700 já concedidos.

Agência Estado |

As crianças que estavam na cerimônia receberam os computadores no início da manhã, antes da chegada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Abriram e começaram a usar imediatamente, enquanto uma música do ex-ministro Gilberto Gil para o projeto Piraí Digital tocava sem parar pelos alto falantes na praça escolhida para o evento. Entre sorrisos e expressões concentradas, as crianças brincaram com jogos e filmavam uns aos outros com a câmera instalada no laptop sob a supervisão das professoras, enquanto esperavam pelo presidente.

Lula, que viria de helicóptero a partir do Rio, atravessou a Serra das Araras de carro devido ao mau tempo. Foi saudado pelas crianças com gritos de "Lula, Lula". Algumas escreveram "Lula, eu te amo" no editor de texto do laptop. O presidente pediu para as crianças mostrarem os computadores abertos para os fotógrafos e cinegrafistas presentes. "Esta fotografia mostra o que está acontecendo no Brasil", disse. Lula disse ter a intenção de fazer com que cada criança em escola no Brasil disponha de um computador portátil, mas disse que são 34 milhões de crianças e precisaria que os equipamentos fossem mais baratos. Os distribuídos em Piraí custaram US$ 325 a unidade, que Lula converteu no discurso para "mais ou menos R$ 700".

Os recursos dos novos equipamentos vêm dos governos estadual, que entrou com R$ 4 milhões, e municipal, com R$ 1,3 milhão. A participação do governo federal foi anterior, em 2007, ao escolher Piraí como um dos quatro municípios para o projeto piloto do programa do governo federal "Um computador por aluno". Os outros municípios do projeto piloto foram as capitais estaduais São Paulo, Porto Alegre e Palmas.

O piloto em Piraí foi no distrito rural de Arrozal, no Centro Integrado de Educação Pública (Ciep) Professora Rosa da Conceição Guedes, com cerca de 400 alunos e professores. O número de matrículas aumentou, a taxa de evasão escolar caiu para 0,6% e a taxa de aprovação aumentou. "Sabe por que a criança não sai da escola? O computador conseguiu dar a elas o prazer que a escola tradicional não dava", disse Lula.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou que os alunos da escola atingiram em dois anos metas do Ministério para 2015. O Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (IDEB), índice que mede a qualidade do ensino, subiu no Ciep de Arrozal de 2,4 em 2006 para 4,2 em 2007 e o município estima que hoje esteja em torno de 4,8. Haddad lembrou que o governo tem a meta de levar a conexão à internet por banda larga a todas as escolas do País até o ano que vem. Observou que Piraí "está dando um passo além disso".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG