A alta hospitalar do cineasta Fábio Barreto, prevista para esta segunda-feira, teve que ser adiada, segundo informações do Hospital Copa D´Or, onde ele está internado. De acordo com a unidade, o paciente seria submetido hoje a uma ressonância magnética cerebral, mas o exame não pôde ser realizado. O motivo não foi informado.

Segundo o hospital, a ressonância magnética deve ser feita ainda nesta semana. Em relação à alta, a unidade não estipulou uma nova data. Fábio Barreto está internado desde o dia o dia 20 de dezembro, após sofrer um grave acidente de trânsito em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro.

De acordo com os médicos, o cineasta, embora continue inconsciente, está clinicamente estável, respira sem ajuda de aparelhos, não tem infecções e não necessita mais de cirurgias. Para ir para casa, Fábio Barreto precisará, no entanto, de uma estrutura médica adequada em sua residência. Atualmente, o paciente depende de uma sonda gástrica para se alimentar.

AE

Glória Pires e Fábio Barreto durante lançamento de "Lula, o filho do Brasil"

Acidente

Fábio Barreto sofreu um acidente de carro na noite do dia 19 de dezembro, em Botafogo, na zona sul do Rio. O cineasta voltava do Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão), na Ilha do Governador. Ele havia tentado embarcar para o Piauí, onde iria encontrar sua mulher, que participava de um festival de cinema, mas não conseguiu.

Segundo testemunhas, um carro teria fechado o veículo da vítima na entrada do Túnel Velho. Fábio Barreto tentou desviar, mas acabou batendo em uma mureta, voou para outra pista e capotou.

Filho de Luís Carlos Barreto e irmão de Bruno Barreto, também cineastas, Fábio iniciou sua carreira em 1977 e, desde então, já dirigiu 13 filmes. Seu trabalho mais recente é o longa "Lula - O Filho do Brasil", baseado no livro de Denise Paraná, que estreou no dia 1º de janeiro.

A produção causou críticas da oposição, que acusou a produção de ser uma peça de campanha para as eleições presidenciais deste ano. Entre outros filmes dirigidos por Barreto está O Quatrilho, indicado para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1995.

Leia mais sobre: Fábio Barreto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.