Alimento deve ter redução de gordura, alertam médicos

Alimentos industrializados que podem fazer mal à saúde das crianças deverão sofrer redução “drástica” nos teores de gorduras, açúcar e sódio até dezembro de 2009, concluiu ontem um painel de médicos e entidades de defesa dos consumidores reunido em São Paulo para debater o tema. O documento, que será levado ao Ministério da Saúde, é assinado pela Associação Paulista de Medicina, Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste), Promotoria de Justiça do Consumidor de SP, Sociedade de Pediatria de SP, Instituto Alana, Associação Brasileira de Nutrologia, Fundação Oswaldo Cruz e pelas áreas de Endocrinologia e Segurança Alimentar da Universidade Federal de São Paulo.

Agência Estado |

Segundo os representantes das entidades, o posicionamento é uma forma de pressionar o governo federal a tomar uma atitude sobre o tema. “Acreditamos que as mudanças podem ser feitas em um curto espaço de tempo porque lá fora a indústria já adota padrões melhores”, afirmou Maria Inês Dolci, coordenadora da Pro Teste. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG