Voltar à antiga forma depois de dar à luz é menos complicado do que pode parecer. Após as primeiras semanas, e com o consentimento do médico, a mulher já pode retomar a parte de suas atividades.

Segundo o ginecologista e obstetra Maurício Simões Abrão, professor da Universidade de São Paulo (USP), nos primeiros sete dias após o nascimento do bebê, a ordem geral é repousar, principalmente as que se submeteram a uma cesariana. A partir daí, a mulher pode se movimentar no ambiente doméstico. “Após esse período, a mãe já pode voltar a dirigir e fazer caminhadas mais leves.”

Atividades físicas normais só são liberadas depois de 30 (parto normal) ou 40 dias (operação cesárea). No entanto, Abrão adverte que os exercícios devem ser realizados com muita cautela para não diminuir a produção de leite. Do ponto de vista físico, a recuperação é mais lenta nos casos de cesariana. “Logo nos primeiros dias, as mulheres que tiveram um parto normal com episiotomia (cortes no períneo para facilitar a expulsão do bebê) têm uma sensibilidade maior nessa região, o que dura apenas alguns dias; já na cesariana, a sensibilidade na região do corte e as dores abdominais persistem por mais tempo”, diz o médico.

A coordenadora de natação da academia Competition, Alessandra Toassa, indica exercícios físicos sem impactos. Além de hidroginástica, caminhadas e alongamento também são recomendados. “Mesmo quem tem uma condição física melhor necessita retomar as atividades com bastante cuidado, de forma moderada, pois o corpo ainda está sob o efeito de hormônios. Há uma maior frouxidão nos ligamentos e uma perda de força muscular”, adverte.

Exercícios

Quanto à alimentação, enquanto a mãe está amamentando não deve abolir o consumo de carboidratos. “É importante manter uma alimentação saudável, composta de frutas e vegetais, para fornecer vitaminas, minerais, fibras e água ao organismo”, diz a nutricionista Beatriz Botequio. São recomendados carnes e laticínios magros, carboidratos na versão integral, gorduras saudáveis (azeite e castanhas) e muita água. Se a mãe retorna aos exercícios físicos, cada vez que ela se exercitar, deve esperar uma hora para amamentar, segundo Eneida Bittar, enfermeira e educadora em aleitamento materno pela Universidade de Los Angeles, na Califórnia. Isso porque o ácido lático, liberado durante a prática, altera o sabor do leite, que fica mais ácido.

AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.