Militantes do PT vão neste domingo às urnas em todo o País para definir o grupo que vai comandar o partido na primeira corrida ao Planalto em que o candidato não será o presidente Lula. A eleição da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, é apontada explicitamente como prioridade para o próximo ano na carta de apresentação de três das seis chapas que concorrem na Executiva Nacional. O que divide os candidatos à presidência do partido, no entanto, é o tom do discurso sobre as alianças a serem feitas em nome da candidatura da ministra.

Favorito à disputa, o ex-senador por Sergipe e ex-presidente da Petrobras José Eduardo Dutra se apresenta como o nome capaz de aglutinar os partidos da base aliada, principalmente o PMDB, em torno de Dilma.

Leia mais sobre: PT

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.