Aliados de Suplicy tentam barrar Mercadante em SP

Correligionários do senador Eduardo Suplicy (PT-SP) entregaram hoje ao vice-presidente do PT-SP, Rafael Marques, manifesto com 72 assinaturas em apoio à candidatura do petista ao governo de São Paulo. Batido o martelo sobre o lançamento do nome do senador Aloizio Mercadante (PT-SP) à disputa, Suplicy corre contra o tempo para demover petistas da decisão.

Agência Estado |

O manifesto que conta com a assinatura de lideranças sociais, dirigentes do PT, sindicalistas e intelectuais apela às lideranças da sigla para que ouçam "todas as instâncias e todos os filiados ao partido" antes da escolha do candidato. Intitulado "Queremos um governo do PT! Queremos Suplicy governador", o documento defende que o próximo governo do Estado "combata os interesses representados pela gestão Serra" e que a legenda promova uma pesquisa de intenções de voto com a presença dos nomes de Suplicy e Mercadante.

Ontem à tarde, cinco partidos de oposição a Serra definiram apoio à candidatura de Mercadante ao governo do Estado de São Paulo. Antes de marcar uma data para ratificar o nome do senador, o PT tentará convencer Suplicy a desistir de sua pré-candidatura ao governo paulista. Para tanto, lideranças da legenda farão uma reunião com o senador na próxima segunda-feira, na sede do PT na capital paulista. Correligionários do senador afirmam que o petista já admitiu nos bastidores que deixará a disputa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG