Os Estados da Bahia e do Rio de Janeiro continuam com alertas de chuvas - com possibilidade de alagamentos e deslizamentos de terra - e ressacas - com formação de ondas altas - nesta sexta-feira, segundo informações da Climatempo. No Nordeste, o alerta de chuvas vale para Salvador, litoral norte da Bahia, região do Recôncavo, norte baiano, e também para Sergipe e Alagoas, que devem permanecer nesta situação até amanhã, com risco de chuvas fortes.

A passagem de uma frente fria de intensidade forte deixou o tempo muito instável em Salvador. A capital baiana está, há mais de 24 horas, sob chuva moderada a forte. Hoje o dia começou com chuva moderada, que deve continuar ao longo do dia, quase sem parar, segundo a Climatempo.

No Rio, a situação é muito também para o mar, que está muito agitado. Na manhã de ontem, houve a ocorrência de ressaca no Rio e em toda a costa do Sudeste, que fica em alerta para ressaca até amanhã. As ondas ficam por volta de quatro metros no litoral fluminense e atingem até 3,5 metros no litoral de São Paulo e do Espírito Santo.

O ar polar, a chuva e os ventos de moderados a fortes dos últimos dias baixaram a temperatura no Rio de Janeiro. A sexta-feira amanheceu com apenas 18ºC na região do Campo dos Afonsos, na zona oeste da cidade.

Demais regiões

Os ventos úmidos vindos do mar deixarão o tempo instável com chuvas isoladas desde o nordeste do Rio Grande do Sul, nas serras e planaltos de Santa Catarina, no leste e sudeste do Paraná, no sudoeste e centro-leste de São Paulo, no sul e sudeste de Minas e leste do Espírito Santo.

pode chover ao longo do dia na faixa litorânea entre Paraná e São Paulo. Haverá variação de nebulosidade e pequena possibilidade de pancadas de chuva isoladas entre o sul do Amazonas, norte de Rondônia e norte do Mato Grosso.

Nas demais áreas do País, o dia será de sol entre poucas nuvens. As temperaturas mínimas estarão baixas no centro-norte de Santa Catarina e sul do Paraná. O dia terá muitos ventos na faixa litorânea entre Santa Catarina e Bahia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.