SÃO PAULO (Reuters) - O vice-presidente da República José Alencar terá alta médica na terça-feira, quando deverá embarcar para os Estados Unidos, onde dará continuidade ao tratamento contra câncer iniciado em maio. O paciente evoluiu bem, com trânsito intestinal já restabelecido, informa o boletim médico do Hospital Sírio-Libanês desta segunda-feira.

Em 24 de julho, Alencar foi submetido a uma cirurgia para tratamento de obstrução do intestino grosso, decorrente de nódulos tumorais.

Ele realizou uma colostomia, procedimento em que o conteúdo do intestino é coletado por uma bolsa externa.

Foi a décima-quinta cirurgia a que o vice-presidente, de 77 anos, se submeteu nos 12 anos em que luta contra o câncer.

Em janeiro, Alencar passou por uma operação de 17 horas para a retirada de tumores no abdome. Em maio, no entanto, exames localizaram novos tumores no mesmo local e o vice-presidente passou a submeter-se a um tratamento experimental em Houston, no Texas.

(Reportagem de Carmen Munari)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.