SÃO PAULO (Reuters) - O presidente da República em exercício, José Alencar, submeteu-se nesta terça-feira em São Paulo a mais uma sessão de quimioterapia como parte de seu tratamento contra um câncer no abdome. O boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio Libanês informa que Alencar chegou para o tratamento no fim da manhã e já deixou a unidade.

Alencar, de 78 anos, luta há 12 anos contra o câncer e já fez 15 cirurgias.

Na sexta-feira, o vice-presidente afirmou que exames recentes mostraram que os tumores na região abdominal foram reduzidos pela metade e disse se considerar um vitorioso.

Presidente da República enquanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estiver na Europa, Alencar retomou as sessões de quimioterapia em setembro após abandonar um tratamento experimental nos Estados Unidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.