Alencar passa bem após nova cirurgia

SÃO PAULO (Reuters) - Cerca de 24 horas depois de receber alta do Hospital Sírio-Libanês, o vice-presidente da República, José Alencar, passou por nova cirurgia nesta sexta-feira, considerada bem-sucedida pelos médicos. Alencar foi submetido a uma colostomia, procedimento em que parte do intestino é conectada a uma bolsa no exterior do corpo. O vice-presidente voltou ao hospital na manhã de quinta-feira com quadro de dor abdominal, em decorrência de nova obstrução intestinal, segundo boletim médico.

Reuters |

"O vice-presidente José Alencar teve uma nova obstrução do intestino, dessa vez do intestino grosso, próxima ao reto, numa região onde ainda existem alguns tumores. Numa região onde seria muito difícil abordar, haveria risco para ele, e a opção... foi de ter feito uma colostomia para aliviar a obstrução do intestino grosso", disse o médico Raul Cutait, que faz parte da equipe que cuida de Alencar, a jornalistas.

"Ele está muito bem, se comportou muito bem durante a cirurgia, não teve nenhum problema maior, todos os sinais vitais perfeitos", acrescentou o médico. "Mais uma vez ele foi um bravo e um forte."

Cutait explicou que a colostomia não foi realizada anteriormente a pedido do vice-presidente. "Só que infelizmente a evolução não foi tão favorável quanto nós queríamos", disse ele.

O médico afirmou ainda que a cirurgia a qual Alencar se submeteu em 9 de julho, por conta de uma obstrução no intestino delgado, "está muito bem".

Foi a 15a cirurgia a que se submeteu o vice-presidente de 77 anos. Ele luta contra um câncer desde 1997.

(Reportagem de Eduardo Simões)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG